Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Amigo não empata amigo. Mas pelos vistos "empalar" já é outra história...

26.09.13publicado por Gato Pardo

Almoçava eu hoje descansado a minha moqueca de camarão e passa-me pelos orifícios auriculares a seguinte afirmação da mesa ao lado.

 

- Não, está provado cientificamente. É impossível um homem e uma mulher serem verdadeiros amigos sem acabaram enrolados um no outro.

 

É curioso que já não é a primeira vez que ouço semelhante afirmação mas da última vez eram dois homens a discutir o argumento. Agora foram duas mulheres. E mais curioso ainda, mantenho a mesma opinião que tinha desde a última vez (e já lá vão uns anos).

Bull...Shit...

Os meus melhores amigos são mulheres. Nunca nos enrolámos apesar de rebentarem a escala de Richter quer na vertente física como intelectual (e quem me conhece, sabe o quanto eu prezo mulheres inteligentes). Nem vai acontecer. Prezamos demasiado algo bem mais importante que umas horas de destilação corporal e traumas auditivos para a vizinhança.

São fulcrais na minha existência. Atenuam os momentos maus, potencializam a minha loucura e têm um sentido de humor substancialmente mais javardolas que o meu. E sim, todos nós sem excepção gostamos de sexo. Simplesmente não o praticamos uns com os outros. Acho que em grupo, o máximo que fizemos foi jantaradas e umas quantas pielas o que não é de todo considerado uma orgia.

Existe uma diferença entre true friends e friends with benefits. E os benefícios não são fiscais, para os totós que não pescam um corrno do que estou aqui a escrever. A questão é simples. Amigos verdadeiros não se comem, estimam-se (ok, eu sei que isto soa um bocado a Holocausto Canibal mas stay with me). Amigos com benefícios f*dem-se mas inevitavelmente f*dem a suposta amizade também. Duas massas não podem ocupar o mesmo espaço físico (ok, visto que estamos a abordar sexo isso é bastante relativo. Já estive em espaços físicos reduzidos em que éramos dois a ocupar o dito e tudo correu bem. Obrigado, Tap Air Portugal...).

Dou graças aos céus por ter verdadeiras amigas e nenhum de nós ter interesse em ter um encontro imediato com o estuque de um quarto de hotel. Há valores mais altos que se levantam (sim, eu sei que vocês neste exacto momento estão a pensar em piadas de mastros alçados...Não neguem, conheço-vos melhores que as vossas mães, querido(a)s leitore(a)s). Principalmente o facto de sermos espécimes únicos, incompreendidos e estarmos à espera que esta gaita (ahahahah, gaita...did it again...) toda estoure para dominarmos o mundo.

 



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.